(21) 2682-1379 Fale Conosco
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

MOÇÃO DE APOIO AOS 23 E CONCLAMAÇÃO À LUTA

O Movimento Classista em Defesa da Saúde do Povo vem, em nota, repudiar VEEMENTEMENTE a sentença da “Justiça” burguesa, que condena os 23 processados por conta das Jornadas de Junho de 2013 e das manifestações contra a farra da FIFA em 2014.

Nesse sentido, este movimento declara todo apoio e solidariedade aos 23, bem como se dispõe a permanecer ombro a ombro, não só nesta luta, mas em todas as legítimas e justas lutas dos trabalhadores do campo e da cidade.

O dia 17 de julho de 2018 marca a legitimação da nova Lei de Associação Criminosa (sancionada em caráter de urgência pela ex-presidenta Dilma Rousseff em 2013, no auge dos protestos populares multitudinários que sacudiram o país) como ferramenta da repressão para perseguir movimentos sociais, com a condenação dos 23 manifestantes a penas que variam de 5 a 13 anos de prisão, pelo juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau; serviço esse encomendado por Cabral à época das manifestações.

Tal sentença é uma clara tentativa de calar, punir e intimidar movimentos sociais, em especial os populares e mais combativos. Punição essa feita da forma mais esdrúxula, sem consistência e superficial possível (vide sentença condenatória).

Isso nos mostra a crescente fascistização do Estado brasileiro para dar continuidade a superexploração do povo, a drenagem de nossas riquezas naturais, sob o jugo do imperialismo, principalmente ianque. Faz parte da crescente intervenção militar preventiva do justo levantamento das massas, como claramente mostrou seu interventor do Rio de Janeiro, ao dizer que o direito de manifestação atrapalha o genocídio do povo.

Ao contrário do discurso derrotista propagado, o de “passividade das classes trabalhadoras” (inclusive por parte da esquerda, principalmente, a eleitoreira), os grandes levantes das massas, a partir de 2013, e as perseguições políticas, culminando nesta condenação, nos prova exatamente o contrário: a força revolucionária do povo, sua capacidade organizativa e a fraqueza do judiciário (travestido de democrático).

Como muito bem colocou Igor Mendes no primeiro evento político da Campanha NÃO É SÓ PELOS 23: É POR TODAS E TODOS QUE LUTAM!, acontecido no último dia 24 de julho de 2018: “A luta popular não cabe mais nesse quadrado! A luta popular se mostra, cada vez mais, insubmissa! A luta popular atinge novos patamares! Outros junhos virão!”.

Esse é o verdadeiro caráter das classes trabalhadoras e é nisso que devemos focar, deixando o derrotismo de lado, varrendo toda corja de oportunistas que querem nos fazer acreditar que a luta não vale a pena.

Por isso, nós deste movimento conclamamos a todas e todos os defensores da Saúde Pública, gratuita e de qualidade a levantar a bandeira da livre manifestação e contra a intervenção militar. Conclamamos também os trabalhadores a se juntarem, não apenas num ato de solidariedade aos 23, mas na luta efetiva, prática, lado a lado, pois esta causa não é pessoal para com eles, mas é política e de todos que ousam desafiar este Estado burguês fascista, genocida e em estado de putrefação acelerado. Venceremos!

LUTAR NÃO É CRIME!

NÃO É SÓ PELOS 23: É POR TODAS E TODOS QUE LUTAM!

CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS POPULARES!

CONTRA A INTERVENÇÃO MILITAR!

OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER!

MOVIMENTO CLASSISTA EM DEFESA DA SAÚDE DO POVO

 

Fonte: Movimento Classista em Defesa da Saúde do Povo


Mais Notícias

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ELEIÇÃO DO CONSELHO DE REPRESENTANTES DA ADUR-RJ S. SINDICAL

Postado em 17/10/2018

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ELEIÇÃO DO CONSELHO DE REPRESENTANTES DA ADUR-RJ S. SINDICAL    O Presidente da ADUR-RJ S. SINDICAL, leia mais


DIRETORIA DIVULGA NOTA SOBRE AS AMEAÇAS QUE PAIRAM SOBRE A SOCIEDADE BRASILEIRA E A LUTA CONTRA O AUTORITARISMO

Postado em 17/10/2018

ENFRENTAR O AUTORITARISMO E OS ATAQUES AOS TRABALHADORES, AOS SERVIDORES PÚBLICOS E ÀS UNIVERSIDADES A ADUR-RJ, assim como as demais leia mais


NOTA APROVADA PELA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUR-RJ DEFENDE A ORGANIZAÇÃO PELA BASE CONTRA QUALQUER REGIME DE RETRAÇÃO DE DIREITOS

Postado em 17/10/2018

NOTA APROVADA PELA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUR-RJ A história sindical do movimento docente ruralino tem se constituído sobre bases democráticas leia mais


Assessoria Jurídica da ADUR elabora relatório referente aos processos de docentes ingressados pelos advogados da ADUR

Postado em 11/10/2018

O Escritório Boechat & Wagner Advogados Associados, contratado em agosto do presente ano para prestar Assessoria Jurídica à Associação de leia mais


CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA – 15 de outubro de 2018

Postado em 11/10/2018

CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A Diretoria da ADUR-RJ S.Sind. convoca para Assembleia Geral Extraordinária: Data: 15 de outubro de leia mais


Confira a nova edição do ADUR INFORMA

Postado em 04/10/2018

Nessa edição o jornal traz a reportagem de capa sobre o incêndio no Museu Nacional, que aconteceu no início de leia mais


Reunião GTPAUA

Postado em 21/09/2018

Na próxima segunda-feira, dia 24 de setembro, irá acontecer mais um reunião do Grupo de Trabalho Política Agrária, Urbana e Ambiental leia mais


Nota da diretoria da Aduff sobre o ocorrido na UFF Campos na noite de ontem (13)

Postado em 14/09/2018

Na noite de ontem, dia 13 de setembro, fomos surpreendidos com relatos da comunidade acadêmica da UFF de Campos, dando leia mais


Nota da Assembleia da ADUR-RJ em repúdio aos ataques sofridos pela Reitoria da UFRJ

Postado em 13/09/2018

Nota da Assembleia da ADUR-RJ em repúdio aos ataques sofridos pela Reitoria da UFRJ A assembleia da ADUR-RJ, reunida em leia mais


REUNIÃO DOS(AS) DOCENTES DA UFRRJ COM A ASSESSORIA JURÍDICA DA ADUR-RJ PARA TRATAR DE AÇÕES EBTT, AUXÍLIO TRANSPORTE E REAJUSTE DOS SPF

Postado em 13/09/2018

REUNIÃO DOS(AS) DOCENTES DA UFRRJ COM A ASSESSORIA JURÍDICA DA ADUR-RJ PARA TRATAR DE AÇÕES EBTT, AUXÍLIO TRANSPORTE E REAJUSTE leia mais


demais notícias