Professores da UFRuralRJ irão aderir à Greve Geral dia 28 de abril

Na assembleia da ADUR que aconteceu ontem, dia 12 de abril, os professores debateram novamente sobre o quiosque do sindicato, sobre a mobilização contra a reforma da Previdência e sobre a Greve Geral que será dia 28 de abril.

Com relação ao quiosque, ficou decidido que o professor Rafael Simôes Mano irá convocar uma reunião para a primeira semana de maio direcionada aos arquitetos filiados à ADUR e aberta aos demais sindicalizados que desejem participar. No encontro, serão decididos os usos do novo quiosque. A proposta de utilização do espaço será, então, apresentada na assembleia seguinte a esta primeira reunião, onde sua avaliação será concluída. A partir disto, a equipe terá três meses para apresentar o projeto arquitetônico definitivo.

Sobre a mobilização contra a reforma da Previdência, os professores prepararam uma agenda de panfletagem e outras atividades. Uma delas acontecerá no dia 26 de abril, na Praça Rui Barbosa, em Nova Iguaçu, a partir das 15h30. A ação terá prestação de serviços diversos como assessoria jurídica, orientação nutricional, distribuição de mudas de plantas etc.

Nas panfletagens, os professores irão se encontrar na ADUR e depois passarão em salas de aula distribuindo materiais informativos, esclarecendo sobre a reforma da Previdência e convidando estudantes e professores a se juntarem à mobilização contra a medida. Todos os membros da comunidade acadêmica estão convidados a se juntar ao grupo. Além disso, a ADUR disponibiliza uma série de materiais, panfletos e cartilhas que podem ser retirados a qualquer momento na sede do sindicato.

Ficou decidido que os professores da UFRRJ irão aderir à Greve Geral no dia 28 de abril. Com críticas à programação apresentada pelas centrais sindicais, a assembleia resolveu integrar, pela manhã do dia 28, o ato em Seropédica, e à tarde, o protesto também do Sepe, no centro do Rio.

Nos assuntos gerais, a assembleia aprovou apoio financeiro do sindicato ao projeto da Casa Nem, um espaço que abriga travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social. A quantia será utilizada na compra de móveis usados, principalmente camas e colchões. Em contrapartida, a coordenadora da Casa Nem, uma figura pública de grande alcance não apenas nos debates sobre a questão LGBT, Indianara Siqueira, será convidada a gravar um vídeo convidando as pessoas a participarem da Greve Geral e se juntarem ao ato no dia 28 de abril, no centro do Rio.

Ainda nos assuntos gerais, também ficou decidido a cessão de um ônibus para a atividade do coletivo RUA – Juventude Anticapitalista.




10/11/2017 - 14:57
ADUR elege nova Diretoria



notícias



Jornal


Adur Informa nº 170

Ver Jornal
21/03/2016 - 14:33

Adur Informa nº 170

Adur Informa 170



Publicações

Regime de Previdência Complementar

Ver Jornal

Universidade e Sociedade 56

Ver Jornal




Galeria

Nenhum cadastro encontrado.